Na próxima semana, o Switch e The Legend of Zelda: Breath of the Wild alcançarão marcas importantes no Japão

Na próxima semana, o Switch e The Legend of Zelda: Breath of the Wild alcançarão marcas importantes no Japão

30/05/2018 0 Por Diiiih

The Legend of Zelda, Breath of the Wild foi lançado no dia 03 de março de 2017, ha pouco mais de 1 ano atrás, junto com o console Nintendo Switch (simultaneamente, foi lançada a versão de Wii U). Desde o seu lançamento, a versão de Nintendo Switch vendeu continuamente no mundo inteiro, incluindo no Japão, ganhando assim, o status de evergreen (algo que é sempre atual, não importa a idade, no caso, os jogos que continuam a vender, como Mario Odyssey e Breath of the Wild no Switch ou GTA V nas outras plataformas e PC).

Como um título evergreen, Zelda BOTW manteve uma média de 5-6 mil unidades vendidas semanalmente por boa parte de 2017, tendo essa base aumentada no final do ano, quando há um aumento natural nas vendas de consoles e jogos devido o período de festas de fim de ano. Passado esse tempo, no início de 2018 BOTW ficou com uma base semanal de 10-12 mil unidades vendidas.

Está certo que, agora no período de verão, onde os jogos costumam ter uma baixa nas vendas, essa base voltou para a casa das 5-6 mil unidades vendidas semanalmente, mas isso não foi impedimento para que o jogo chegasse lá.

Lá onde?

Atualmente, The Legend of Zelda: Breath of the Wild conta com 997.967 mil unidades vendidas fisicamente no Japão. Isso significa que com a atualização da semana que vem, o jogo irá finalmente cruzar a marca de 1 milhão de cópias vendidas fisicamente (pelos dados do Mediacreate). Assim, BOTW será o primeiro jogo de Zelda em anos atingir tal marca no Japão.

Paralelo a isso, o Switch está com uma base semanal de vendas de 35-45 mil unidades, e atualmente conta com 987.951 mil unidades apenas no Japão. Com a atualização de semana que vem, o console também atingirá a marca de 1 milhão de consoles vendidos somente neste ano, significando um aumento de vendas ano a ano.

 

Fonte