[Review] Katana ZERO

[Review] Katana ZERO

24/04/2019 0 Por

Desenvolvedora: Askiisoft
Publicadora: Devolver Digital
Gênero: Ação/Arcade/Estratégia/Plataforma
Data de lançamento: 18 de abril de 2019

Preço na eShop (BR): R$28,99
Formato: Digital

Esta avaliação foi feita pelo nosso parceiro Rodrigo Coelho e por Anselmo do canal AnimeCover e pode ser conferida em vídeo clicando AQUI.


Introdução ao game

Katana ZERO saiu para PC & Switch agora em 18 de abril e é lindamente BRUTAL, não apenas em relação às cenas de ação e destruição dos seus inimigos com a sua Katana em um gameplay frenético onde uma espadada significa o fim dos seus oponentes, mas também ao fato de que Você.. morre… PARA CARAMBA! Ao mesmo tempo essa é uma das coisas mais recompensantes do game. Ao chegar em uma nova tela de desafio, tudo parece difícil.. Mas cada morte é justa e não parece que o game está trapaceando com você.

A cada tentativa nova, você aprende um pouco mais como agir com furtividade e estilo para eliminar seus inimigos, e o resultado final, é uma linda cena de pixels vermelhos voando pela tela e você se sentindo mais sinistro que o batousai.

Dito isto, É MUITO RECOMPENSANTE terminar a fase com rapidez, agilidade e estilo.. eu lhe garanto que você vai sentir vontade de compartilhar vários clipes do seu gameplay no Facebook ou Twitter.

O visual do game é um dos pixel art mais impressionantes que você pode encontrar no Switch no momento.. Logo de cara, o visual estilo VHS já chama a atenção.. tudo em um estilo NEO-NOIR muito original e característico de jogos como Hotline Miami… só que muito mais evoluído..

Switch_KatanaZERO_06

Interface e Design

O visual VHS é lindo, e remete às próprias funcionalidades do jogo. No melhor estilo Matrix e Viewtiful Joe, você pode retardar o tempo, desviar de golpes em câmera lenta e até rebater tiros no maior estilo!

Manipular o tempo para desvendar o seu passado gera uma exibição acrobática belamente brutal na tela e você vai se sentir o jogador mais habilidoso do muito ao jogar, e É MUITO BOM!! a Sensação de zip, zop slooooowww pela tela slash! derrotando os inimigos é muito boa!

Switch_KatanaZERO_01

Tudo aqui lembra muito os 80-90, até mesmo a tela de Pause lembra uma tela de VHS. A ideia do nosso poder de rebobinar e pausar o tempo ser demonstrada pra nós como VHS é incrível e muito inteligente. Além da nostalgia e estilo elegante, torna tudo mais interessante, e nos faz não nos importarmos se morrermos diversas vezes, é sempre muito legal ver a cena rebobinando, até acertarmos o planejamento para enfim executar.

Mais legal ainda são os efeitos de Glitch que ocorrem durante a jogatina. Você vai perceber que nada do design visual do jogo é à toa. Nosso personagem passa por lapsos de memória e confusão, os glitches que aparecem na tela são perfeitas representações de quando fitas VHS tem gravações umas por cima das outras ou estão com a fita danificada… o que por sua vez representa perfeitamente o drama mental do personagem.

Switch_KatanaZERO_05

História

A história é dark e nada convidativa para crianças. Envolve drogas, assassinos, máfias, organizações secretas e pesadelos. Os efeitos visuais para representar tudo isso, nos remete muito a certos jogos de creepypastas, e às vezes pode causar um certo nervosismo, nos fazendo aproximar da sensação em que o personagem deveria estar sentindo em dados momentos de confusão mental.

Switch_KatanaZERO_02

Assim como em celeste, Katana ZERO tem uma quebra muito boa entre os momentos de ação e os entre-capítulos onde se conta a história do game. Estes sempre são em 2 partes: uma mostrando a trama maior que rege o passado e o presente do personagem, onde você entende um pouco mais sobre ele enquanto conversa com seu psiquiatra, e outra mostrando a vida pessoal do personagem em sua casa, e sua relação com uma menininha que é basicamente a representação de um pouco de bondade e inocência ainda existente naquele mundo decrépito, regendo um pouco da sua motivação para o futuro.

Esses dois momentos entre a ação, conta com um sistema de diálogo interessante que permite que você escolha respostas que afetam até diálogos futuros no fim do jogo, e até mesmo que interrompa NPCs no meio da sentença, gerando tensão.

É uma trama cativante, cheia de suspense e mistérios. O passado do protagonista às vezes é uma incógnita. Porém, ele vai descobrindo mais e mais sobre ele mesmo, e sobre a organização que ele atualmente está envolvido.

Tudo nos deixa cada vez mais curioso pra entender tudo o que está acontecendo, e você tem vontade de continuar jogando não apenas para sentir a ação incrível do game, mas também para saber mais sobre a relação entre os personagens.

A história ainda deixa uma abertura para uma possível sequência do game, ou uma DLC no futuro.

Switch_KatanaZERO_04

SOM

A trilha sonora também é um ponto fenomenal no game. A música é uma mistura perfeita de techno néon e ambientação sinistro. Eu realmente recomendo que jogue de headphones!! A trilha remete aos anos 80-90 e é maravilhosa, interagindo também com o que acontece na tela. Quando você entra em câmera lenta, a trilha sonora se transforma para uma versão prolongada e esticada do que está tocando, misturado com os efeitos sonoros do momento.

O detalhe do personagem  colocando os fones de ouvido e mostrando qual música está tocando no início de cada missão, dá gosto.

Switch_KatanaZERO_03

Conclusão

Esse jogo é mesmo uma obra de arte áudio-visual. A pixel art e animações são muito fluidas, os diálogos são surpreendentes, às vezes engraçados, cativantes, emocionantes, mas também muito pesados em diversos momentos. Eu não vejo problema, mas quem quiser jogar esse game, deve estar preparado para ler alguns palavrões!

É uma verdadeira obra de arte, com certeza vale a pena o investimento. Ele tem uma certa dificuldade, mas também as tentativas são ilimitadas. Os únicos detalhes negativos a comentar, é que em certos momentos durante a fase, quando morremos e voltamos pro início da cena, e as vezes os inimigos estão em posições diferentes, o que pode afetar sua estratégia, tendo que morrer mais algumas vezes até encontrar a composição inicial que te ajuda a passar a fase com mais facilidade.

Isso e o fato do jogo ser um pouco curto, eu finalizei em cerca de 4 horas.

Apesar destas coisas, jogar Katana ZERO nos dá uma satisfação de nos testarmos como gamers, e sermos bem sucedidos em nossas missões. Pra quem curte esse estilo anos 80s VHS, como nós, que deve estar tão empolgado quanto estamos. 

Katana ZERO é recomendado para todos que gostam de ação e o jogo é perfeito para a proposta do Switch, pois cada desafio acontece em uma tela com salvamento automático entre elas, permitindo que você pare de jogar e inicie novamente com tranquilidade.

AVALIAÇÃO: 8

Jogo avaliado no Nintendo Switch com o código fornecido gentilmente pela Devolver Digital

[Significado das notas]

1 – Melhor vomitar do que jogar isso
3 – Vai fazer outra coisa.
5 – Só joguei se você for MUITO fã mesmo…
6 – Jogo legal pra se distrair.
8 – jogo bom, vale bem seu tempo e dinheiro!
9 – Jogo excelente que vai deixar uma marca em você!
10- Agulha no palheiro! Todo gamer precisa jogar essa gema maravilhosa!