Square Enix fala sobre o processo de port de Final Fantasy IX no Switch e o motivo dos ports estarem fazendo tanto sucesso

Square Enix fala sobre o processo de port de Final Fantasy IX no Switch e o motivo dos ports estarem fazendo tanto sucesso

25/04/2019 0 Por

Certamente, Final Fantasy é uma das séries mais veteranas e populares no mundo dos videogames. São mais de quinze títulos contando spin-offs que conquistaram os corações de várias gerações de jogadores, e é por isso que muitos jogos que foram portados recentemente no Nintendo Switch estão tendo bastante sucesso.

Em uma entrevista recente para o HollywoodReporter, o diretor executivo de Final Fantasy, Shinji Hashimoto, deu sua opinião sobre os ports de seus títulos no Switch, mais especificamente Final Fantasy IX, e o sucesso dos mesmos nesta plataforma.

Eu quero pensar que a série Final Fantasy foi a que fez muitas pessoas a descobrirem os videogames, embora que dizer isso na melhor das hipóteses seja um pouco exagerado! Final Fantasy IX, por exemplo, já vendeu mais de um milhão de unidades no Switch, o que é insano. Hoje os jogos são criados com tecnologia incrível, mas naquela época tudo era diferente, alguns diriam que ainda mais difícil, e a maioria dos títulos acabaram sendo coisas diferentes para o projeto inicial por causa de limitações técnicas. Em Final Fantasy IX o nível de detalhe foi inédito para a época, e 20 anos depois continua a se manter perfeitamente, podemos dizer que “os clássicos nunca saem de moda”. Embora eu gostaria muito de introduzir outro título da franquia nesta geração, eu acho que os primeiros nunca serão superados ou lembrados de uma maneira mais nostálgica. Por tudo isso, consideramos títulos passados como um tesouro.

Com o recente lançamento do Final Fantasy IX no Nintendo Switch, muitas pessoas disseram que o jogo era um port direto da versão de smartphones, mas Hashimoto isso nega completamente.

Dizer que o port do Switch é o mesmo que dos smartphones não é ser muito preciso. Para trazê-lo a este console, pegamos os dados originais e introduzimos as mudanças necessárias com a Unity Engine. Portanto, não é a versão móvel, mas uma criada através da Unity. Como a versão para dispositivos móveis foi lançada primeiro, há pessoas que podem pensar que é a mesma coisa, mas garanto que esse não é o caso. Além disso, usamos em cada título o melhor método para carregá-lo na plataforma em questão.

FONTE