#QueremosNintendo – Movimento anuncia “Direct Independente” focado em jogos de desenvolvedoras brasileiras

Seguindo o movimento #QueremosNintendo, que conta com uma petição já com mais de 10 mil assinaturas para chamar a atenção da Nintendo para o Brasil, foi anunciada uma “Direct Independente” (não-oficial) para o dia 16 de julho, às 20h no horário de Brasília.

Seguem os detalhes:

Criadores de conteúdo, fãs e estúdios de desenvolvimento de games Brasileiros se
organizaram para simular o evento de um Nintendo Direct, que contará com uma
apresentação de cerca de 20 minutos, YouTubers fazendo videos de reação, blogs de
notícias acompanhando as novidades e a participação dos fãs utilizando a hashtag
#NindiesBR para compartilhar suas memórias com games nacionais e
#QueremosNintendo para enviarem seus recados à Nintendo.

A apresentação contará com mais de 25 games nacionais disponíveis para
Nintendo Switch, e promete algumas surpresas ainda não-anunciadas
oficialmente.

O objetivo do movimento é divulgar a força da indústria nacional dando destaque aos excelentes games Brasileiros disponíveis na plataforma, e de demonstrar a quantidade de fãs brasileiros interessados em mais conteúdo traduzido para a língua portuguesa, incluindo games e possíveis apresentações oficiais focadas no público Brasileiro um dia.

Farão parte da Direct os seguintes estúdios:
● Pocket trap
● Chucklefish
● Bombservice
● Miniboss / Matt Makes Games
● Cat Nigiri
● Joymasher
● Behemut
● Cellar Door Games
● Bitten Toast
● Ludic Studio
● Long Hat House
● Midipixel
● Behold Studios
● Aquiris
● Bit Kid
● Mad Mimic
● Qubyte
● Entre outros!

O movimento já está sendo divulgado por diversos veículos de imprensa, incluindo grandes nomes como o InfoMoney, Eurogamer Portugal, Portal Terra e Exame, além de diversos sites especializados como o nosso e influenciadores digitais.

A petição ainda ocorre, crescendo a passos largos, e contamos com a participação de todos vocês para ajudar nesta empreitada, mostrando para a Nintendo o apoio que a mesma tem em nosso país.

Faça você também a sua parte e assine clicando aqui, é gratuito e dura só um minutinho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *