[Artigo] Portáteis que se inspiraram no Game Boy

Versão em vídeo

 

O Game Boy foi um revolucionário portátil 8-bits da Nintendo lançado originalmente lá no final dos anos 80, e que desde então, o gaming portátil nunca mais foi o mesmo.

GameBoyClassic

Conforme a tecnologia foi evoluindo e as gerações foram passando novos modelos foram sendo lançados e hoje estamos presenciando o que pode ser visto como uma culminância disso tudo na forma do Nintendo Switch, que mistura o gameplay de um console padrão com a pegada portátil num único console híbrido.

E foi observando todo o sucesso colhido pela Nintendo com seu aparelho lá nos primórdios que diversos aparelhos concorrentes foram sendo lançados para tentar abocanhar uma fatia desse mercado e neste vídeo vamos falar sobre quatro dos aparelhos que eu considero uns dos mais interessantes dentro dessa grande gama.

Como estou escrevendo sobre concorrentes do Game Boy, vou me ater aos aparelhos lançados na década de 90 apenas, portanto, esteja ciente.

Game Gear

GameGear

Não sei se todos sabem, mas a Sega lá no início dos anos 90 tentou seu lugar ao sol no ramo de portáteis a fim de obter uma parcela do lucrativo mercado dos portáteis descoberto pela Nintendo.

Seu console se chamava Game Gear, e este era até mesmo um pouco mais poderoso que o Master System, console 8 bits da Sega da época, e seu aparelho era em cores, exibindo até mesmo mais cores simultâneas que o próprio master system.

ShiningForceGaiden PhantasyStarGaiden-2

Apesar de um excelente portátil, que investia inclusive em um gênero que os consoles de mesa da Sega pecavam em não ter, o RPG, o Game Gear tinha um grande calcanhar de Aquiles: seu funcionamento se dava com SEIS pilhas, e a duração média era de apenas 4 horas. Portanto, o console acabava consumindo muita energia o que dificultava sua comercialização.

Outro grande fator que contribuiu para o não-sucesso comercial do aparelho, que na verdade chegou a vender cerca de 10 milhões de unidades, foi o seu preço, o que não contribuía em favor da Sega, tendo em vista que o aparelho da Nintendo era muito mais barato.

Cougar Boy

CougarBoy

O próximo portátil que separei para esta lista foi o Cougar Boy. Produzido pela Welback Holdings, sediada em Hong Kong, o Cougar Boy é um portátil curioso, que foi comercializado apenas na Europa, onde era conhecido como Mega Duck, e na América do Sul, sobretudo no Brasil, onde recebeu este nome, Cougar Boy.

CougarBoy2 CougarBoy3

Ele claramente era uma cópia do Game Boy clássico, e isso fica visível no próprio formato do aparelho. Ao todo foram desenvolvidos apenas um pequeno catálogo de quase 40 jogos, todos bastante simples. Apesar de hoje você conseguir encontrar seus jogos com facilidade por um baixo preço no mercado livre por exemplo, encontrar o aparelho, sobretudo em boas condições é quase impossível, tamanha a sua raridade.

Neo Geo Pocket

NeoGeoPocket

Outro portátil interessante foi o Neo Geo Pocket, que assim como o Game Boy, recebeu também uma versão em cores chamada Neo Geo Pocket Color. Esta foi a tentativa da SNK de entrar no ramo de portáteis, e seu forte era claro, o gênero de luta. Jogos interessantes foram desenvolvidos para este aparelho, sobretudo para a versão color, e o que eu mais gosto é o Sonic Pocket Adventure. Sim, o portátil teve um jogo do Sonic para chamar de seu.

SonicPocket1 sonicpocket

Infelizmente o console teve muita dificuldade em ganhar mercado, principalmente nos Estados Unidos, onde amargou em vendas, inclusive com a versão preto e branco quase não sendo comercializada por lá.

Acredito que o um dos maiores problemas enfrentados pelo console, além da dificuldade em ser aceito no mercado, foram as dificuldades financeiras que a SNK passava na ocasião, que inclusive foram agravadas com esta tentativa falha de adentrar no mercado portátil.

Wonderswan

WonderSwan Color

E para finalizar esta lista, outro portátil que apresento a vocês é o Wonderswan. Este é o portátil da Bandai, lançado apenas no Japão e que vendeu cerca de 3,5 milhões de unidades combinando as versões monocromática e coloridas do console. Seu idealizador foi ninguém menos que Gunpei Yokoi, o “pai” do Game Boy, após este deixar a Nintendo.

Apesar de ter ficado apenas no Japão, o console tinha jogos incríveis como remakes de Final Fantasy 1 e 2, Makai Toushi SaGa (remake do jogo de Game Boy conhecido no ocidente como Final Fantasy Legend) e diversos outros RPGs muito interessantes, além de ter inclusive jogos de Mega Man para si.

FinalFantasy2WS MakaiToushiSaGa

Apesar dos excelentes jogos e de conseguir atingir até 8% do market share no Japão, o console não conseguiu competir com a feroz força do Game Boy Color e de seu sucessor, o avassalador Game Boy Advance.

E é isso!

O que acharam desta lista? Neste artigo foram mostrados apenas quatro consoles portáteis, mas saibam que existiram diversos consoles de diferentes fabricantes para concorrer com o Game Boy.

Por hora vou ficando por aqui, mas voltarei em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *