Nintendo divulga declaração sobre os vazamentos de Pokémon Sword/Shield no ano passado, fala do site de jogos envolvido em sua lista negra

Nintendo divulga declaração sobre os vazamentos de Pokémon Sword/Shield no ano passado, fala do site de jogos envolvido em sua lista negra

11/02/2020 0 Por

Os jogos Pokémon Sword e Pokémon Shield foram alvos de controvérsias em sua véspera de lançamento no ano passado. Não só isso, mas os jogos tiveram sua campanha de marketing atrapalhada pelos vazamentos de leakes onde descobrimos quase todo o conteúdo do jogo semanas antes da estreia.

Felizmente todo alvoroço não impactou nas vendas dos jogos, fazendo os mesmos baterem recordes de vendas no Nintendo Switch. No entanto, as informações compartilhadas deram algum dano na Nintendo e na The Pokémon Company onde agiram de imediato para encontrar o responsável (s) pelos vazamentos.

A Nintendo divulgou uma declaração oficial sobre a situação para o site VG247. De acordo com a Nintendo, os vazamentos ocorreram no site português FNintendo, onde um dos revisores recebeu uma cópia antecipada do jogo pela Nintendo e decidiu vazar as imagens online. A Nintendo diz que não trabalhará mais com a FNintendo.

A declaração completa diz o seguinte:

Parece que os detetives da Nintendo estavam no caso, no entanto, e a empresa agora revelou que trabalhou com a The Pokemon Company para identificar o culpado. Infelizmente, a pessoa por trás dos vazamentos era membro da mídia de jogos – alguém que teve acesso antecipado ao jogo para review. A Nintendo não estará mais trabalhando com esse escritor ou com o site que eles representam.

“No início de novembro, a Nintendo identificou várias fotografias tiradas do jogo que revelaram vários novos e não anunciados Pokémon de Pokémon Sword e Pokémon Shield.”

“Essas fotografias foram publicadas online e a Nintendo, juntamente com a The Pokemon Company, identificou rapidamente a pessoa responsável por esses vazamentos e tomou medidas imediatas.

“Esses Pokémon vazaram por um redator do site português FNintendo, que havia recebido uma cópia antecipada do jogo para fins de review. Ele e a FNintendo falharam em lidar com material confidencial, resultando em uma clara violação do acordo de confidencialidade entre a Nintendo e o meio de comunicação. Como resultado, a Nintendo não trabalhará mais com a FNintendo. ”

“A Nintendo sempre protegerá sua propriedade intelectual e suas marcas. Os vazamentos prejudicam não apenas a Nintendo, mas os milhares de funcionários que trabalham duro para levar os jogos ao mercado e os milhões de fãs ao redor do mundo que esperam notícias e surpresas.

“Surpreender e encantar jogadores através de novas experiências é uma paixão compartilhada pela Nintendo e pela The Pokemon Company. Vamos buscar todos os caminhos para preservar surpresas para jogadores de futuros títulos de Pokémon. ”