New Super Mario Bros.: De fenômeno ao mais do mesmo

New Super Mario Bros.: De fenômeno ao mais do mesmo

17/01/2021 1 Por Guilherme Morando

Olá a todos novamente. Após um pequeno hiato, estou aqui novamente para bater aquele papo que acalenta nossos corações. Desta vez irei falar de um jogo que por incrível que pareça já pode ser considerado um jogo retrô, estamos falando do primeiro New Super Mario Bros., que teve seu lançamento no Nintendo DS há mais de 14 anos atrás. Na verdade, iremos falar sobre como o New Super Mario Bros. foi um excelente retorno aos jogos de plataforma 2D do Mario, mas que com o passar dos anos acabou se tornando algo que muitos fãs temem em relação a série “New”.


Leia também:


A revitalizada que a série Super Mario Bros. precisava


Embora a série Super Mario Bros. tenha se iniciado no NES com a sua trilogia de jogos 2D, que se manteve neste padrão nos jogos de GameBoy, até o lançamento de Super Mario World, foi a partir de Super Mario 64 que a Nintendo passou a focar seus esforços nos jogos 3D do Mario e deixou o estilo tradicional em uma longa pausa. 16 anos depois, tivemos o grande retorno dos jogos 2D com New Super Mario Bros., fortemente inspirado em seus antecessores, mas com inovação própria, adições e pela primeira vez abondonando o estilo pixelado para um estilo 2.5D. New Super Mario Bros. logo se tornou um sucesso comercial com mais de 30 milhões de cópias vendidas sendo um dos jogos mais vendidos da história, além de ter sido muito bem aceito pelo público, o que já era de se esperar um jogo principal do Mario.

Como falei acima, New Super Mario Bros. manteve toda aquela essência de um jogo de plataforma 2D do Mario como semelhanças de level degin e power-ups, mas com inovações significativas onde você olhava e entendia o “New” no título do jogo. Um exemplo disso é que New Super Mario Bros. não apenas trazia um repaginada visual e novos power-up e fases, mas como remixes de musicas antigas da série misturadas às novas – com detalhes nos personagens no cenário dançando ao ritmo da músicas.

O sucesso de New Super Mario Bros. para a Nintendo só poderia significar que os fãs desejavam mais de jogos 2D do Mario, o que em dois anos depois viriamos o jogo de DS ser adaptado no Wii, simplesmente chamado de New Super Mario Bros. Wii. O jogo, lançado em 2009, trazia New Super Mario Bros. em visuais bem mais robustos, aproveitando os recursos únicos do Wii com os controles de movimentos e trazendo algumas adições em relação ao primeiro título como o multiplayer local para até quatro jogadores na mesma tela.

New Super Mario Bros. Wii, assim como o New Super Mario Bros. original, foi um grande sucesso em vendas com mais 30,3 milhões de unidades. Aqui já dava para a Nintendo notar o quão popular a série “New” era em relação aos jogos 3D do Mario, mas o que seria algo bom para os fãs acabou se tornando um problema para os jogos 2D a partir do próximo título.

O início de um problema

2011 foi o ano que Nintendo lançou seu novo portátil, o Nintendo 3DS. A compania não poderia ficar sem lançar um jogo do Mario para a chegada do novo portátil, e aqui que vimos novamente a série “New” retornando em um novo jogo, New Super Mario Bros. 2. Diferentemente dos seus antecessores, New Super Mario Bros. 2 tinha poucas inovações, mantendo o mesmo estilo visual dos outros títulos, trazendo apenas um elemento que se destacaria dos anteriores, a exagerada coleta de moedas.

Coletar moedas em New Super Mario Bros. 2 era algo muito fácil, e é sério, em cada parte de cada fase já era possível com que se encontrassem muitas… e muitas moedas mesmo. No fim, New Super Mario Bros. 2 tinha como seu atrativo coletar o maior número de moedas possível. Além do mais os visuais quase não tinha mudanças em relação ao jogo de DS, as fases pouco criativas, e a trilha sonora que pela terceira vez se repetia sem nenhuma modificação. As lutas de chefe também acabaram por permanecerem as mesmas dos outros dois jogos, isto é: enfrentar os filhos do Rei Koopa, os Koopalings. Facilmente, pode-se vencer os chefes dando apenas três pulos sobre eles, o que para muitos podia-se sentir falta de um modo com dificuldade elevada. Além disso, em New Super Mario Bros., New Super Mario Bros. Wii e New Super Mario Bros. 2, ao morrer algumas vezes em uma determinada fase pode-se obter um power-up bem específico chamado “Gold Tanooki”, no qual serve para deixar Mario invencível sem um tempo limite.


Os problemas decorrentes da série “New” se deve a repetição contínua e pouco fator inovação. New Super Mario Bros. e New Super Mario Bros. Wii eram visivelmente distintos um do outro, e até mesmo traziam um sentimento de quero mais. Já em New Super Mario Bros. 2 e New Super Mario Bros. U, que veio logo em seguida, se reutilizava muito dos aspectos anteriores
. Mesmo assim, New Super Mario Bros. 2 conseguiu vender 13 milhões de unidades, embora muito, ainda é grande declinio em relação às versões de DS e Wii. Já New Super Mario Bros. U teve ainda menos vendas, mas neste caso se deve também a pequena base instalada do Wii U.

O que a Nintendo fará com a série “New” no futuro?


A série “New” foi uma continuação à série de jogos 2D do Mario necessária em sua época que trouxe um cara nova ao estilo de plataforma, mas ao tempo a formula usada nos títulos mais para frente pareceu mais uma forma segura da Nintendo manter o legado de série clássica viva sem grandes mudanças além de garantir que continuasse em alta. No entanto, isso só acarretou de fãs frustrados com o passar do tempo fazendo-os clamar por uma nova reimaginação dos jogos 2D do nosso encanador.

Enquanto rumores e mais rumores surgem em torno de uma continuação para o Nintendo Switch, tudo o que nos resta é esperar , e torcer para que tenha inovações em cima dos jogos anteriores, e que não se repita a mesma coisa de todos os outros jogos.


Com isso , finalizamos o artigo da semana, até a próxima pessoal!

Guilherme Morando
Me siga 😀