Bloomberg: Vários estúdios já trabalham em jogos para o Nintendo Switch com um “Dev Kit 4K”

Bloomberg: Vários estúdios já trabalham em jogos para o Nintendo Switch com um “Dev Kit 4K”

29/09/2021 0 Por Marcos

Atualizado: Em resposta ao relatório publicado pela Bloomberg nesta quarta-feira (29), a Nintendo emitiu um comunicado alegando que tais informações sobre dev kits 4K sendo entregues as desenvolvedoras não são verdadeiras. Segue na íntegra:

Um relatório de 30 de setembro de 2021 (JST) afirma falsamente que a Nintendo está fornecendo ferramentas para conduzir o desenvolvimento de jogos para um Nintendo Switch com suporte a 4K. Para garantir o correto entendimento entre nossos investidores e clientes, queremos esclarecer que este relatório não é verdadeiro.

Também queremos reafirmar que, conforme anunciamos em julho, não temos planos para nenhum novo modelo além do Nintendo Switch – OLED Model, que será lançado em 8 de outubro de 2021.


Rumores de um Nintendo Switch mais poderoso, com suporte a resolução 4K, persistem mesmo às vésperas do lançamento do Nintendo Switch OLED Model. Ouvimos muitos meses atrás sobre um modelo utilizando a tecnologia DLSS da NVIDIA para reproduzir visuais em 4K enqunato estive na Dock, e muito antes disso lá em 2020, já flertavam com uma revisão de hardware com maior capacidade de processamento e resolução acima dos atuais 1080p que console consegue atingir.

Agora, a Bloomberg trouxe uma atualização desses rumores afirmando ter tido contato com onze empresas de jogos que possuem devkit para um Nintendo Switch que chega a 4K de resolução. De acordo com seu mais recente relatório, essas empresas com quem dialogou variam “de grandes publisher a estúdios de desenvolvimento menores”. É dito também que os desenvolvedores com o novo “devkit 4K” não estão especulando sobre o que a Nintendo está planejando para o futuro, mas observaram que a compania espera lançar seus jogos 4K no Nintendo Switch durante ou após o segundo semestre do próximo ano.

Com base em relatórios anteriores, a Bloomberg diz que os planos originais da Nintendo supostamente mudaram em meio à escassez de componentes, mas que a partir de julho, “a empresa já distribuiu os devkit 4K para desenvolvedores terceiros e pediu-lhes para preparar um software que suporte a resolução mais alta”.