Hideki Kamiya explica o envolvimento da Nintendo com Bayonetta e fala sobre Bayonetta 3

Numa série de tweets, o diretor da PlatinumGames, Hideki Kamiya falou sobre o envolvimento da Nintendo na franquia Bayonetta. Ele foi o diretor do primeiro jogo,  contribuiu com o segundo e talvez tenha ainda envolvimento no terceiro jogo da série.

Kamiya falou sobre Bayonetta 2, que originalmente deveria sair para múltiplas plataformas enquanto estava sendo desenvolvido em colaboração com a SEGA. Entretanto, o jogo foi posto em pausa devido a “circunstâncias” (na época, a SEGA considerou que as vendas do primeiro jogo foram baixas para justificar o desenvolvimento do segundo). Depois que a Nintendo entrou, a PlatinumGames conseguiu terminar o desenvolvimento e os direitos do jogo agora estão tanto com a SEGA quanto com a Nintendo. Kamiya ainda ressalta que a Nintendo permitiu que as vozes em japonês de Bayonetta 1 (inexistentes no PS3/Xbox 360), que foram gravadas exclusivamente para o port de Wii U, fossem utilizadas na versão de PC.

Chegando em Bayonetta 3, o jogo foi planejado para ser desenvolvido desde o início utilizando fundos da Nintendo. Assim, os direitos sobre o jogo continuam com a Nintendo (que pagou pelo jogo) e com a SEGA (atual dona da IP). Isto fez com que o jogo fosse um exclusivo de Switch. Kamiya também disse que demorou um tempo até o desenvolvimento de Bayonetta 3 ficar “ok”. Para este jogo, Kamiya e a Platinum irão fazer de tudo para que se saia o melhor que puder ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *