Presidente da Nintendo diz que não espera que todos os grandes títulos das Third-Parties cheguem no Switch

Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, participou de uma recente sessão de perguntas e respostas. Uma das muitas perguntas feitas ao presidente foi por que não vimos alguns títulos AAA no Switch. Mesmo que alguns tenham chegado, isso, por sua vez, levou alguns desenvolvedores a criar jogos especialmente para a plataforma, como Octopath Traveler e Mario + Rabbids: Kingdom Battle.

Shuntaro Furukawa diz que podemos ver mais jogos baseados por streaming como uma solução para alguns jogos. Até o momento temos Resident Evil 7 e Assassin’s Creed Odyssey, mas só disponível para o publico japonês.

Muitas pessoas parecem sentir falta de grandes títulos de outras publishers no Nintendo Switch. Você está preparando algo para resolver isso? Além disso, você acha que a situação vai mudar no próximo ano fiscal ou depois?

Furukawa: Acreditamos que oferecer aos consumidores uma ampla seleção de softwares é uma parte extremamente importante da operação de nossas plataformas. É por isso que aceitamos a introdução de uma variedade de títulos de diversos publicadores de software diferentes. Mesmo assim, não acho que seja realista esperar que todos os títulos importantes se tornem disponíveis no Nintendo Switch. Estamos falando com as publishers sobre elas ativamente colocando títulos no Switch que seria um ajuste especialmente bom para suas características únicas como um console de mesa que você pode carregar por onde quiser, incluindo o modo handheld e a capacidade de unir consoles para o multiplayer local. Dado o forte apoio da publisher ao Nintendo Switch, eu esperaria que o número de títulos aumentasse ainda mais. É isso que realmente mantém o negócio do Nintendo Switch no caminho certo.

Furukawa: […] Geralmente, acho que ter a lineup de software do Nintendo Switch aumentada por títulos de publishers que fazem uso de tecnologias de jogos na nuvem é uma coisa muito positiva. E é realmente significativo em termos de expandir nossa base de usuários, porque existem alguns títulos que provavelmente não poderiam ser oferecidos no Nintendo Switch de outra maneira.

FONTE, VIA