Reggie fala sobre Metroid Prime 4, expectativas e mais

Hoje cedo a Mashable publicou uma entrevista com o presidente da Nintendo Reggie Fils-Aime. Um dos pontos discutidos foi sobre Metroid Prime 4. Em uma breve passagem, Reggie disse que a Nintendo tem expectativas internas sobre quando o jogo será lançado e disse que “o desenvolvimento do jogo está correndo bem”.

Em outro momento, Reggie falou sobre a forma como a Nintendo faz seus anúncios, datas de lançamento, parcerias e mais.

Sobre a ideia da Nintendo de quando Metroid Prime 4 irá ser lançado…

“Internamente, nós temos expectativas sobre quando (Metroid Prime 4) será lançado. Nós ainda não anunciamos, mas sim, o jogo está com o desenvolvimento correndo bem.”

Sobre como a Nintendo anuncia seus jogos…

“Tipicamente de seis meses a um ano é o que nós gostamos de fazer, mas há momentos para razões estratégicas que nós acreditamos que é importante dizer que um jogo irá chegar. Nós fizemos isso meses anos e anos atrás com Zelda. Nós dissemos que teria uma nova experiência com Zelda nos dias do Wii U… Realemnte depende do jogo, do tipo de desenvolvimento pelo qual o mesmo passa, e depende de como nos sentimos que o consumidor irá responder a esta mensagem.”

Sobre datas de lançamento…

“Nós pensamos profundamente sobre lançamentos em sequência, mas dito isto, a Nintendo é bem conhecida por “se um jogo não está pronto, iremos adiá-lo”, para  nos certificarmos de que o jogo estará o mais forte possível em seu lançamento. Durante meu tempo na Nintendo, nos atrasamos algumas vezes varias jogos importantes, e no final à espera sempre valeu a pena, porque o nosso foco na qualidade é muito forte.”

Sobre qual é o objetivo da Nintendo em ter todas essas diferentes franquias em todos os seus consoles…

“Nosso objetivo é que em cada sistema nós possamos lançar jogos icônicos de franquias em particular, como o caso dos jogos do Mario de plataforma, ou um Smash Bros, nós queremos que a experiência seja verdadeiramente icônica. Isso leva tempo e é algo que para nós é muito importante. Nossa companhia não faz softwares anuais, e assim quando nós criamos um Jogo de Zelda, quando criamos um Smash Bros ou um jogo de Pokémon, isso precisa ser excepcionalmente atrativo porque nós planejamos vender esses jogos por um longo tempo.”

Sobre criar novas experiências…

“Nós sempre tentamos criar novos conteúdos. Nós queremos criar o próximo Splatoon, nós queremos criar o próximo Arms, o próximo Labo. Nós estamos sempre pensando em criar experiências que o consumidor nunca tinha cogitado.”

Sovre parceria com outras desenvolvedoras…

“Para nós, o que pensamos é o seguinte: a desenvolvedora com quem estamos trabalhando, eles compartilham os mesmos valores que nós? Eles têm o mesmo tipo de mentalidade sobre certos conteúdos? Nossa propriedade intelectual irá ficar consistente com o que está sendo criado? E. O final, será uma oi a experiência para o consumidor? Essas são as coisas que pensamos quando entramos nesses tipos de conversas.”

Sobre filmes e planos de séries baseados em IPs da Nintendo em serviços de streaming como o Netflix ou o Hulu…

“Nós estamos explorando um alcance de diferentes oportunidades, e quando elas estiverem prontas, iremos anunciá-las.”

Via