Pokémon Masters EX arrecadou US $ 75 milhões em seu primeiro ano, é o segundo título de Pokémon com maior bilheteria nos smartphones

Pokémon Masters EX arrecadou US $ 75 milhões em seu primeiro ano, é o segundo título de Pokémon com maior bilheteria nos smartphones

04/09/2020 0 Por

Pokémon Masters EX é um jogo mobile desenvolvido pela DeNA e lançado em agosto do ano passado nos dispositivos Android e iOs. No início o jogo foi severamente criticado pela falta de conteúdo e bugs, mas a equipe de desenvolvimento conseguiu contornar o problema e o manteve atualizado e relevante até então.

Com o jogo completando seu primeiro ano de vida, a Sensor Tower relatou que o jogo conseguiu arrecadar US $ 75 milhões em gastos com jogadores em seu primeiro ano. Isso faz Pokémon Masters EX assumir como segundo Pokémon de maior bilheteria nos smartphones, atrás apenas do fenômeno Pokémon GO.

Aqui esta os destaques do mais recente relatório da Sensor Tower:

  • Pokémon Masters ficou em 13º lugar globalmente em gastos dos jogadores no subgênero Squad RPG durante seu primeiro ano, imprensado entre Final Fantasy Brave Exvius e King’s Raid
  • Classificado em 2º lugar globalmente em downloads, atrás apenas de RAID: Shadow Legends
  • o Japão era o principal mercado para gastos do jogador, gerando $ 39,3 milhões, ou 52,7% da receita total
  • Os Estados Unidos seguiram em 2º lugar com $ 17,5 milhões, ou 23,5%
  • Hong Kong ficou em 3º lugar com $ 3,2 milhões, ou 4,3%
  • App Store: $ 45,4 milhões ou 61% de toda a receita
  • Google Play: $ 29,2 milhões ou 39 por cento
  • 22,7 milhões de downloads em seu primeiro ano
  • Os EUA ficaram em primeiro lugar em downloads, com 4,8 milhões de downloads (ou 21 por cento do total)
  • A Índia ficou em segundo lugar com 3 milhões (ou 13,2 por cento)
  • O Japão ficou em terceiro com 2,6 milhões (ou 11,5 por cento)
  • O Google Play ficou em primeiro lugar em compartilhamento de downloads, obtendo 12,1 milhões de downloads ( ou 53 por cento do total de downloads)
  • A App Store responde por 10,6 milhões (47 por cento)