Game Freak está priorizando projetos originais mais que Pokémon; Diretor Masayuki Onoue comenta planos de 2019

Por décadas, nós assimilamos fortemente a Game Freak à franquia Pokémon. No entanto, a desenvolvedora já lançou títulos como HarmoKnight, Pocket Card Jockey e Giga Wrecker Alt., e seu mais novo projeto intitulado “Town“.

Giga Wrecker Alt. deriva de uma segunda equipe de produção da Game Freak que trabalha com títulos originais. E de acordo com o programador e diretor Masayuki Onoue, a equipe da Gear Project está sendo priorizada – até mesmo “mais do que Pokémon em geral”.

Em uma entrevista ao VCG, Onoue deu a seguinte declaração:

Há duas equipes de produção diferentes aqui, simplesmente nomeadas Equipe de Produção 1 e Equipe de Produção 2. A Equipe 1 é totalmente dedicada ao Gear Project, enquanto a Equipe 2 é para a operação de Pokémon. O que isso significa é que a Game Freak como uma empresa está priorizando o Gear Project, que é a equipe de produção número um, mais do que os Pokémon em geral. Estamos sempre tentando criar algo que seja igualmente empolgante ou mais emocionante que o Pokémon.

Há muitas idas e vindas entre a Equipe 1 e a Equipe 2. Uma das coisas interessantes é que a Equipe 2, dedicado a Pokémon, só conhece plataformas específicas. Assim, com a Equipe 2, os engenheiros podem aprender sobre outras plataformas que talvez não tenham tocado antes. Ao misturar as equipes, podemos criar essa sinergia interessante ”.

Onoue também falou sobre como ele foi capaz de trabalhar como diretor em Giga Wrecker Alt., e o chamou de “refrescante”, passando de apenas um programador para os jogos Pokémon:

Sim, foi uma experiência totalmente refrescante quando mudei de Pokémon para Giga Wrecker. É como uma mudança de paradigma. Quando você é um programador trabalhando em Pokémon, você é um dos muitos programadores. No entanto, como diretor do Giga Wrecker, a experiência abriu meus olhos para os outros aspectos da criação de jogos, até os usuários que jogam o jogo.

É realmente difícil esperar que um programador tenha esse tipo de perspectiva, mas como diretor aprendi a tornar o jogo mais atraente e acessível aos jogadores, além de aspectos de marketing também. A Gear Project me ajudou a ser mais criativo. Eu já vi todo o processo de criação até o marketing e a venda do jogo para os jogadores. Agora posso trazer esse conhecimento de volta ao time Pokémon e tentar criar algo diferente para Pokémon. É uma boa sinergia entre a Gear Project e a criação de Pokémon. A Gear Project me ajudou a ser mais criativo … Agora posso trazer esse conhecimento de volta para o time Pokémon e tentar criar algo diferente para Pokémon. ”

Por fim, Onoue abordou os planos da Game Freak para 2019, juntamente com uma nova divisão de P & D que ajudou a aumentar a eficiência da produção:

2019 será muito emocionante, especialmente após os títulos Pokémon Let’s Go, que nos permitiram começar a olhar seriamente para o Nintendo Switch como uma plataforma. Esse foi um marco muito importante para nós antes de passar para o próximo passo. Em termos do número de títulos que estamos lançando este ano, aconteceu coincidentemente. Não é como se estivéssemos tentando montar tudo em 2019 – aconteceu.

A P & D é uma divisão recém-criada que está criando a biblioteca básica, que costumava ser criada toda vez que fazíamos um projeto. Isso ajuda a eficiência de nossa produção com certeza. Além disso, estamos olhando para o que está acontecendo no futuro, de uma perspectiva técnica, e isso é algo que nunca tivemos antes. Eu acho que a divisão de P & D certamente contribuirá para o futuro da Game Freak.

FONTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *