Nintendo exige retirada de vídeos no YouTube sobre pirataria no Switch e gera temor na comunidade homebrew; Entenda o caso

Nintendo exige retirada de vídeos no YouTube sobre pirataria no Switch e gera temor na comunidade homebrew; Entenda o caso

21/01/2020 0 Por

Vira e mexe a Nintendo está envolvida em algum tipo de batalha contra a pirataria em seu atual console, o Nintendo Switch. E cá entre nós, ela não está errada em defender suas propriedades, principalmente enquanto estão em pleno florescer no mercado. E dessa vez, houve mais um capítulo dessa batalha.

Agora, quem sofreu retaliações foi o canal do YouTube Modern Vintage Gamer, que tem mais de 175 mil inscritos. Após a Nintendo tomar providências, o YouTuber não poderá mais fazer vídeos sobre homebrew para o Nintendo Switch.

Até aí, tudo parece normal, certo? Só que a comunidade que trabalha com homebrew não enxerga dessa forma. Segundo eles, a Nintendo está os censurando e cerceando sua liberdade de expressão das seguintes maneiras:

Através de reclamações de direitos autorais, a Nintendo poderá censurar – palavra dos representantes da comunidade – mais vídeos (e potencialmente sites na internet) sobre homebrew no Nintendo Switch, o que atrapalharia a divulgação da cena homebrew no Switch.

Outros temores cogitados pela comunidade homebrew são os seguintes:

  • A Nintendo poderia tentar executar ações legais contra as pessoas que desenvolvem homebrew para seus consoles atualmente vendidos no mercado (o Switch e o 3DS), o que talvez gere algum medo em desenvolvedores de emuladores/ports paralelos para esses consoles.
  • Isso talvez mande inclusive uma mensagem para a comunidade de desenvolvimento de emuladores de que eles podem ser os próximos, especialmente aqueles que trabalham em emuladores para o Nintendo Switch.

Fica a sua reflexão, caro leitor: isso é ameaça à liberdade de expressão, ou proteção de direitos autorais?

 

Fonte, via