Shuntaro Furukawa diz que as desenvolvedoras third parties fazem muitos gêneros de jogos que a Nintendo não pode fazer, e esses jogos enriquecem o Switch

Shuntaro Furukawa diz que as desenvolvedoras third parties fazem muitos gêneros de jogos que a Nintendo não pode fazer, e esses jogos enriquecem o Switch

10/11/2020 0 Por Marcos

O sucesso contínuo do Nintendo Switch tem cada vez mais despertado o interesse de desenvolvedoras third parties em lançar jogos na plataforma. Além dos títulos multiplataformas que híbrido pode receber, você também encontra softwares de terceiros feitos exclusivamente para ele, tais como No More Heroes III, Bravely Default II, Rune Factory 5, e Monster Hunter Rise. Isso somado a rica biblioteca de jogos da Nintendo, enriquece ainda mais a plataforma.

Respondendo uma pergunta como parte do briefing para os últimos resultados financeiros, Shuntaro Furukawa, o presidente da Nintendo, disse que é muito grato a essas desenvolvedoras que apoiam o Nintendo Switch pois eles fazem muitos gêneros de jogos que as equipes da Nintendo não podem fazer. Furukawa também comenta sobre o crescimento das vendas deste títulos de terceiros no Nintendo Switch.

Pergunta feita durante o briefing:

Que tipo de impacto você acha que os jogos de outros fabricantes de software terão no negócio do Nintendo Switch daqui para frente? Sinto que as vendas unitárias de títulos de terceiros têm crescido em um ritmo mais rápido do que as de títulos da Nintendo, então o que você pode dizer sobre a proporção futura de títulos da Nintendo e de terceiras?

Resposta de Shuntaro Furukawa:

Outras publicadoras de software planejam lançar uma grande variedade de títulos para o Nintendo Switch daqui para frente. Existem muitos gêneros de jogos que não podemos fazer sozinhos e o fornecimento desses tipos de títulos enriquece a experiência do Nintendo Switch, por isso somos muito gratos por isso. Em relação à velocidade de crescimento das vendas de unidades, o fato é que as vendas de software do Nintendo Switch estão aumentando tanto para títulos da Nintendo quanto para títulos de terceiros, e queremos que o Nintendo Switch seja uma plataforma na qual ambos possam continuar vendendo bem.