Vice-presidente de desenvolvimento da Engine Software diz que ficaria feliz em conversar com Suda51 sobre um port de Killer7 para o Switch

Vice-presidente de desenvolvimento da Engine Software diz que ficaria feliz em conversar com Suda51 sobre um port de Killer7 para o Switch

01/11/2020 0 Por CellyDiva

Embora houvesse conversas e rumores aqui e ali sobre um port de Killer7 para o Nintendo Switch, no final não há planos concretos para o título na plataforma. Da última vez, vimos o jogo ganhar uma listagem para o híbrido no perfil da Engine Software no LinkedIn, mas no fim se tratava apenas de um erro. A Engine Software inclusive, foi a responsável por remasterizar o jogo na Steam, que foi lançado pela NIS America alguns anos atrás. O estúdio também trabalhou recentemente nos remasters de No More Heroes I & II, que assim como Killer7, são títulos aclamados do diretor Suda51.

Mesmo assim, Killer7 continua sendo um título bastante requisitado pelos fãs para chegar no Nintendo Switch. Pensando nisso, o site Nintendo Life conversou com Ruud van de Moosdijk, o vice-presidente de desenvolvimento da Engine Software, perguntando se havia alguma chance de uma port de Killer7 para o Nintendo Switch acontecer em um futuro próximo. Ruud diz que uma versão do Switch não está em desenvolvimento agora, mas se o Suda51 quiser, os especialistas da Engine Software ficarão felizes em fazê-lo.

Pelo que sabemos, uma versão de Killer7 para Switch não está em desenvolvimento. Pelo menos não discutimos isso com Suda-San. Mas quem sabe o que o futuro traz? Estamos ocupados com Scott Pilgrim, The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel IV (Switch/Steam) e Ys IX, mas se Suda-San quiser trabalhar conosco novamente, é claro que sempre ouviremos!

Na mesma entrevista, Ruud explica melhor a confusão sobre a listagem de Killer7 para o Nintendo Switch no perfil do LinkedIn em agosto deste ano. Ele diz que esta versão “nunca estava em desenvolvimento” pela Engine Software.

Nunca esteve em desenvolvimento. Quando começamos a trabalhar com Suda-San na versão para PC, era uma discussão contínua durante o desenvolvimento, mas como eu disse – no final, foi decidido não trabalhar em uma versão de Switch. Mas como fazia parte da discussão inicial, ainda estava listado internamente como “Project Killer7 – PC / Switch”, de onde veio a confusão.