Curiosidade: Yuji Naka, criador de Sonic, diz que sempre sonhou em trabalhar na Nintendo

Curiosidade: Yuji Naka, criador de Sonic, diz que sempre sonhou em trabalhar na Nintendo

15/05/2018 0 Por Diiiih

Em uma entrevista com a Nintendo Dream, Yuji Naka, criador de Sonic The Hadgehog, disse que sempre sonhou em trabalhar na Nintendo mesmo após ter saído da SEGA.

Yuji Naka explicou que, enquanto trabalhava na SEGA, ele ficou sabendo de um desenvolvedor trabalhando em outra empresa receber uma ligação da Nintendo logo após sua renúncia. Quando Naka saiu da SEGA, ele esperava que a mesma coisa acontecesse com ele, mas infelizmente não aconteceu.

O designer deixou a SEGA em 2006 com intuito de criar seu próprio estúdio. Atualmente, Yuji Naka trabalha na Square Enix.

Isso pode abrir uma ferida antiga, mas … (Risos) Você saiu da Sega logo depois de fazer Sonic, certo?

Yuji Naka: Sim.

E ouvi dizer que você chegou a se aproximar da Nintendo depois de se demitir …?

Yuji Naka: Quando eu estava voltando de Tokyo para minha casa em Osaka, decidi passar pela sede da Nintendo em Kyoto. Na verdade, eu queria ver quanto tempo levaria para viajar de Osaka para os escritórios da Nintendo. (Risos) No entanto, quando parei meu carro no estacionamento, um guarda de segurança saiu e começou a olhar para mim com desconfiança. Eu fiquei com medo e decidi ir para casa. (Risos) Se aquele guarda de segurança não estivesse lá, quem sabe o quão diferente meu futuro poderia ter sido …! (Riso)

Yuji Naka: Enquanto eu alguns livros, recebi uma ligação de um desenvolvedor me perguntando se eu poderia trabalhar para eles. Mas a verdade é que eu estava esperando por uma ligação da Nintendo.

-Sério?! (Riso)

Yuji Naka: A razão que pensei foi que, alguns meses antes de eu deixar a Sega, ouvi uma história sobre outro programador de uma grande empresa de jogos que havia desistido de seu trabalho, e então a Nintendo ligou para ele. Eu fiquei tipo: “Uau, isso também pode acontecer comigo!” (Risos). Então, quando saí da Sega, tive uma pequena esperança de receber uma ligação … mas nunca chegou. (Risos) Foi triste.

Fonte