Produtor de Monster Hunter Rise diz que o jogo está em desenvolvimento “há cerca de 4 anos no total”, diz que Monster Hunter: World nunca foi considerado para o Switch

Produtor de Monster Hunter Rise diz que o jogo está em desenvolvimento “há cerca de 4 anos no total”, diz que Monster Hunter: World nunca foi considerado para o Switch

06/10/2020 0 Por CellyDiva

A Eurogamer teve a oportunidade de entrevistar o produtor de Monster Hunter Rise, Ryozo Tsujimoto, onde ele falou mais sobre o desenvolvimento do jogo. Tsujimoto deu informações interessantes onde falou que o projeto está em desenvolvimento há “cerca de quatro anos no total”.

Aqui está suas palavras completas:

Já se passaram cerca de quatro anos no total. Ichinose foi o diretor de Monster Hunter Generations, lançado cerca de quatro ou cinco anos atrás. E nós demos a ele um pouco de folga depois disso! Não foi como no dia seguinte! Mas perguntamos a ele se ele poderia trabalhar no próximo jogo portátil – na época em que não havia sido lançado o Switch. E também tivemos que considerar qual motor usar ao mesmo tempo antes de começarmos. Estamos usando a RE Engine, que na época ainda não havia sido lançada, porque o primeiro título a usá-lo foi Resident Evil 7: Biohazard. Então sim, encurtando a história, foi um total de cerca de quatro anos, uma vez que colocamos todos aqueles patos em um linha.

Quando Monster Hunter: World foi lançado havia esperanças de que um dia sairia para o Nintendo Switch já que a série sempre teve um histórico de vendas altas em plataformas Nintendo, embora a Capcom já tenha batido o pé de que o jogo não esta vindo para o híbrido. Na entrevista, o assunto foi novamente levantado, no entanto, Tsujimoto indicou que um port para o Switch nunca foi realmente considerado.

Para ser honesto, não realmente, porque tratamos cada título como seu próprio conceito e você não pode ignorar o hardware que está lançando quando você projeta o jogo. Se você tem algo como o Nintendo Switch, que é pegar e jogar, você pode jogar em qualquer lugar, você não quer necessariamente a mesma experiência de jogo que é projetada assumindo que você está sentado em frente a uma grande TV em um sofá por quatro horas seguidas. Queremos ser capazes de projetar um jogo que você possa aprender por 30 minutos em movimento, antes de dormir, e obter algo dessa experiência, e que realmente afete o design do jogo e você não pode simplesmente trazer isso de volta e que seja o mesmo, então nunca realmente consideramos isso quando se tratava de Monster Hunter World. ”