Panic Button fala dos desafios de trazer Apex Legends para o Switch, estúdio está trabalhando no port há cerca de 15 meses

Panic Button fala dos desafios de trazer Apex Legends para o Switch, estúdio está trabalhando no port há cerca de 15 meses

08/03/2021 0 Por Marcos

Apex Legends, um dos grandes destaques de jogos Battle Royale dos últimos anos, está finalmente vindo ao Nintendo Switch esta semana. Mas isto só foi possível graças aos mágicos da portabilidade Panic Button, que auxiliou a Respawn Entertainment a tornar o projeto em realidade na plataforma da Nintendo.


Leiam também:

Diretor de Apex Legends diz que o jogo está “com uma aparência muito boa e funcionando muito bem no Switch”, terá suporte aos controles de giroscópio


O site Nintendo Life teve a oportunidade de conversar com o Chefe de Produção, Dan Hernberg e o Diretor Técnico, Andy Boggs, da Panic Button, além também do diretor da Respawn Entertainment Chad Grenier, onde discutiram sobre diversos assuntos relacionado à Apex Legends no Nintendo Switch. Um dos assuntos abordados foi sobre os desafios de trazer o jogo para o Switch, e quando questionado sobre em que a portabilidade de Apex Legends para o Switch foi diferente de tudo que ele já trabalhou, Dan Hernberg falou o seguinte:

Uma das coisas que é sempre interessante quando você está fazendo um jogo que vive, respira e muda constantemente é que sempre há novos desafios, novas lendas surgindo e novos mapas. Acho que você está tentando construir uma aeronave e pousá-la em um porta-aviões em movimento, tudo ao mesmo tempo. Perto do final do desenvolvimento, estamos todos no mesmo barco trabalhando juntos, e se cometermos um erro e quebrarmos a compilação, isso afetará o Respawn e vice-versa. Muitas coisas acontecem enquanto você tenta lançar a primeira versão para ter certeza de que ela se mantém e resolve todos os problemas. Ainda mais do que em projetos anteriores, a quantidade de mudanças que a Respawn faz em seus jogos é muito maior do que qualquer outro cliente com o qual já trabalhamos. Além disso, o fato de haver ainda mais coisas acontecendo no mundo, isso tem sido um desafio único para este projeto.

Na mesma entrevista o Diretor técnico Andy Boggs menciona que a Panic Button está há cerca de 15 meses trabalhando no jogo. Ele também diz o seguinte quando perguntado se houve algum sacrifício que teve de ser feito para que Apex Legends rodasse no Nintendo Switch além dos gráficos.

Acho que o grande desafio para nós é sempre chegar e entender quais partes do jogo podemos adaptar, fazer mudanças e otimizar e quais partes são tão essenciais que precisamos deixar em paz. Acho que, em última análise, as mudanças que tivemos que fazer não vão afetar a experiência dos jogadores com ele.