Quantic Dream reconhece o sucesso do Switch e continuará dando suporte para a plataforma, mas não espere por Heavy Rain, Beyond: Two Souls, e Detroit: Become Human

Quantic Dream reconhece o sucesso do Switch e continuará dando suporte para a plataforma, mas não espere por Heavy Rain, Beyond: Two Souls, e Detroit: Become Human

25/04/2021 0 Por Marcos

Por muito tempo, a Quantic Dream era associada ao PlayStation devido ao seu suporte exclusivo para as plataformas da Sony. Mas agora, a empresa está totalmente desvinculada à marca onde assumiu a auto-publicação e se aventura levando seus trabalhados para outras plataformas.

Depois de colocar seus icônicos títulos de aventura narrativa Heavy Rain, Beyond: Two Souls, e Detroit: Become Human para o PC, chegou a vez do Nintendo Switch receber Sea of Solitude: The Director’s Cut, uma versão exclusiva do título originalmente lançado sob o selo EA Origin em outras plataformas em 2019. A Quantic Dream parece estar disposta a manter um suporte para o console híbrido no futuro, mas se está esperando os títulos que consagraram a empresa, é melhor baixar suas expectativas.

Em entrevista para o site NintendoEverything, Guillaume de Fondaumière, o chefe de publicação da Quantic Dream, fala como a Nintendo os ajudou a trazer Sea of Solitude: The Director’s Cut para o Nintendo Switch.

A Nintendo e a Quantic Dream estiveram em conversações no passado. Assim, pudemos nos reconectar e começar a trabalhar juntos rapidamente. O processo tem sido muito tranquilo, não apenas no recebimento de kits para permitir que a Jo-Mei começasse a trabalhar no Switch, mas também para que a Quantic Dream se torne uma publisher Nintendo certificada.

Sobre a possibilidade de levar Heavy Rain, Beyond: Two Souls, e Detroit: Become Human para o Switch, seja através de um port ou na nuvem, Fondaumière diz que não há chances disso acontecer, pois “esses três permanecerão exclusivos no PC e PlayStation por enquanto”. Mas a boa notícia é que a Quantic Dream reconhece que o “ Nintendo Switch é um dos consoles mais vendidos nos últimos anos e, naturalmente, vai apoiá-lo, começando com Sea of Solitude: The Director’s Cut.”