Review | Space Invaders Invincible Collection

Review | Space Invaders Invincible Collection

17/08/2021 0 Por Erick Figueiredo

Desenvolvedora: Taito

Publicadora: ININ Games

Data de lançamento: 17 de agosto, 2021

Preço: R$ 299

Formato: Digital

Análise feita no Nintendo Switch com chave fornecida gentilmente pela ININ Games.

Space Invaders é um dos jogos mais importantes da história dos videogames. Lançado em 1978 pela lendária Taito nos arcades, o shooter ajudou a atrair público para o médium que estava nascendo naquela época. Agora, para comemorar seu legado, a Taito lançou a coletânea Space Invaders Invincible Collection para o Nintendo Switch, que reúne algumas versões do clássico fliperama em um único pacote.

11 clássicos pelo preço de um

Space Invaders Invincible Collection reúne em um só pacote onze versões diferentes da experiência original de Space Invaders. Os jogos disponíveis são: Space Invaders (o título original), Space Invaders (Color), Space Invaders Part II, Majestic Twelve: The Space Invaders Part IV, Super Space Invaders ’91, Space Invaders Extreme, Space Invaders Gigamax 4 SE, Space Invaders DX, Space Cyclone e Lunar Rescue.

Space Invaders Invicible Collection permite que os jogadores experimentem todos esses jogos em suas versões originais, com isso temos disponíveis games lançados entre 1978 e 2018. Isso significa que os fãs dos arcades antigos receberão a daqueles tempos na palma de sua mão. Para aqueles que jogaram o Space Invaders original isso é uma boa notícia, infelizmente, quem espera algo a mais não encontrará aqui.

Além destes jogos ainda é possível baixar um extra Arkanoid vs Space Invaders, lançado em 2017 exclusivamente para smartphones. Tirando ele, todos os outros jogos no pacote estão disponíveis desde o ínicio e podem ser aproveitados sem ter que fazer algo extra.

É Space Invaders cara

Space Invaders foi um dos primeiros grandes sucessos do fliperamas e da indústria de videogames. Nascido em uma época que jogos eram simples, temos aqui uma experiência bem básica. O jogador controla uma nave na parte de baixo da tela e o objetivo é derrotar os aliens que vêm descendo em direção ao chão. Cada ficha, que é adicionada com o botão L, oferece aos jogadores três vidas e o jogo vai ficando cada vez mais difícil sempre que os inimigos se aproximam do chão. Três mortes e o jogador recebe um game over, precisando reiniciar do início.

A jogabilidade de Space Invaders funciona com um botão para disparar os raios, outro que dispara mais rápido e o analógico que move a nave para os lados. Pronto, isso é tudo o que você precisa saber para poder aproveitar os jogos presentes nesta coletânea. A jogabilidade é simples e o desafio maior nos games é sobreviver o máximo possível e alcançar um score alto, igual em um fliperama. Agora, graças às maravilhas da internet, é possível compartilhar com o mundo – ou seus amigos – seus melhores resultados, assim como ver o de outras pessoas e tentar superá-los.

Tirando alguns efeitos visuais e gráficos diferentes, os 11 jogos possuem bastante similaridades uns com os outros. De fato, se você jogou um deles antes já terá jogado todos os outros aqui presentes. Alguns títulos oferecem uma opção de desafio extra, geralmente eliminar aliens de forma rápida e com apenas uma vida, mas não há muita variedade entre os games.

Na minha opinião o melhor dos jogos disponíveis é o Space Invaders Extreme. Para mim, o jogo foi uma experiência totalmente psicodélica, com visuais muito interessantes, efeitos sonoros bons e foi algo totalmente inesperado. Recomendo muito conferir vídeos de gameplay dele. Tal game foi uma reviravolta na fórmula Space Invaders que eu não esperava e que por isso curti muito.

A Invincible Collection adiciona algumas opções extras para os games do pacote, mas elas são muito poucas. Além de manter o multiplayer com duas ou mais pessoas, dependendo do jogo, ainda é possível abusar de save states em cada um dos títulos para poder melhorar o seu resultado final.

Recriando uma era na sua TV

Space Invaders Invicible Collection traz para o Nintendo Switch 11 clássicos do fliperama. Todos eles foram portados perfeitamente para o console da Nintendo, funcionando sem problemas tanto quando jogando na dock quanto no portátil. Os visuais, apesar de simples, são bem representados no híbrido. A coletânea oferece também opções visuais diferentes do básico, aumentando a tela de jogo um pouco mais e até mesmo filtros para recriar a experiência dos anos 80s. 

Os efeitos sonoros por sua vez são bem arcades na maior parte dos títulos, com bops e bips iguais aos encontrados nos videogames de sua era. Contudo, alguns títulos têm melhores visuais e sons que combinam mais com os anos atuais. Entretanto, não espere que o original Space Invaders tenha a opção de incluir gráficos e sons melhores do que o que foi oferecido em 1978.

A coletânea em si também é bem apresentável, ao menos nos poucos menus que ela oferece. Além de uma simples tela mostrando cada jogo em ação e uma curta história sobre o mesmo, também é possível examinar tutoriais separados para cada um dos títulos apresentados.

Uma coletânea bem simples

Space Invaders Invicible Collection é a experiência perfeita de Space Invaders. Se você for um fã da franquia ou sempre quis experimentá-lo, esta é a sua chance. Não existe uma forma melhor de jogar um dos mais importantes videogames da história, do que através dessa coletânea.

Se o que eu escrevi te agradou então aproveite. Agora, se você espera algo a mais como uma experiência extra ou então modos bônus, saiba que não vai encontrar isso aqui. A coletânea é só o suco do Space Invaders em formatos diferentes, o que é bastante desapontante, especialmente pelo preço oferecido por ela. Por não ter muito conteúdo extra ou bônus, um jogador que não seja tão viciante em Space Invaders vai acabar largando o jogo bem rapidamente.

Prós:

  • Space Invaders Extreme é uma experiência muito interessante;
  • Ports sem problemas no Nintendo Switch;

Contras:

  • Não há variedade, é o mesmo jogo com diversas skins diferentes
  • Muito caro pelo conteúdo oferecido
  • Nada extra adicionado aos jogos

Nota final

5