[Review] Paper Mario: The Origami King

[Review] Paper Mario: The Origami King

28/07/2020 0 Por Diiiih

Desenvolvedora: Intelligent Systems
Publicadora: Nintendo
Gênero: Ação, Aventura
Data de lançamento: 17 de julho de 2020
Preço: US$ 59,99 / R$ 259,79
Formato: Físico, Digital


H2x1_NSwitch_PaperMarioTheOrigamiKing_image1600w

Paper Mario: The Origami King é o mais novo jogo da série Paper Mario. O jogo foi desenvolvido pela Intelliget Systems e publicado pela Nintendo. Originalmente, a série Paper Mario foi concebida para ser o sucessor de Super Mario RPG, lá do Super Nintendo, mas há algum tempo a fórmula da série foi mudando e hoje já entrega algo diferente. Já chego lá.

No jogo, dessa vez Mario deverá enfrentar os exércitos de origamis para salvar a Princesa Peach, e para isso deverá percorrer um vasto mundo com o objetivo de liberar o caminho até o castelo, que foi tomado. Com um roteiro muito inteligente e cheio de tiradas cômicas, o jogo entrega um resultado de brilhar os olhos, tudo com muito primor!

PPM1

O Gameplay

Assim como os outros jogos da série Paper Mario, The Origami King funciona basicamente como um RPG. Você controlará Mario por diferentes cenários, todos eles modelados como se tivessem sido construídos com papel, papelão e coisas do tipo, e há inclusive pedaços do cenário que estão faltando, em que Mario deverá utilizar pedaços de papel coletados pelos ambientes, derrotando inimigos, batendo em árvores ou amassando flores para restaurar todo o reino.

Mas diferente de outros jogos de RPG, aqui nós não temos um sistema de níveis e experiência, fazendo com que não seja necessário enfrentar todos os inimigos que você encontrar pela frente, apesar de as batalhas funcionarem mais por turnos, como seria num RPG.

E falando das batalhas, como dito, essas funcionam por turnos, mas você não deverá apenas escolher um golpe e utilizar: antes, você deverá alinhar os inimigos de forma que seu golpe tenha melhor alcance, tudo isso dentro de um tempo que vai decrescendo, e a arrumação vai ficar como estiver caso acabe o tempo. E acredite por vezes eu me enrolei bastante! Mas isso faz parte da diversão.

PPM3

E, apesar de não ser exatamente um RPG tradicional, como todo bom RPG, em Paper Mario: The Origami King nós temos os famosos power-ups de Mario, e novas armas que causarão mais dano nos inimigos, assim como itens para recuperar a vida. E a vida? Você aumenta sua pontuação de HP coletando itens específicos pelo jogo, já que você não irá melhorar seus status aumentando os níveis que não existem.

Arte e Criatividade

Como já dito, seguindo a proposta do jogo, os cenários são todos feitos de modo a entender ser construídos com itens de papel, papelão e afins. Inclusive, em certas partes em que temos que restaurar o cenário com pedaços de papel coletados, como mencionado, podemos ver uma “estrutura de metal”, que ficaria por baixo dos objetos de papel! Isso dá um toque muito especial ao jogo, que possui uma direção artística excepcional!

PPM6

O jogo todo é muito colorido, como de costume dos jogos do Mario, e em The Origami King, vemos muitos, mas muitos detalhes em todos os cantos. O jogo parece ter sido feito com muito carinho, e isso fica perceptível conforme andamos pelo mundo do jogo. Aqui, não há o que reclamar, é uma obra linda!

A Trilha Sonora

As músicas do jogo são muito gostosas de ouvir, e combinam bastante com o clima do jogo. Se você já acompanha as minhas avaliações, já sabe que esse é um dos pontos principais para mim em um jogo: é a música que vai me fazer ter vontade de continuar jogando, mesmo que por ventura o jogo em si não seja tão bom, por exemplo, ou que vai me fazer querer parar. E em Paper Mario: The Origami King não só o jogo é legal, como a trilha sonora é excelente! Mais um ponto positivo para o game!

PPM2

Conclusão

Paper Mario: The Origami King, é um RPG que não é um RPG, entende? Parece um mas não age como um. Isso não influenciou em nada para mim, mas acho importante frisar pois ainda há pessoas que procuram a série esperando o que ela já foi um dia, mas eu vos digo: jogue The Origami King pelo o que o jogo é, e não pelo o que você queria que fosse. Passada essa barreira, o jogo é extremamente divertido, carismático, e vai lhe prender por horas e horas explorando o belíssimo mundo de papel do jogo. A minha única reclamação para o título são os tutoriais, que às vezes quebram um pouco o ritmo do jogo. Na minha opinião, poderia ter uma opção para pular tutoriais, e daí ficaria tudo bem. Mas isso não é o fim do mundo, e não muda o fato de que Paper Mario: The Origami King é um jogo incrível. Por tanto, para concluir, se você gosta de jogos do Mario – e quem não gosta? – e está procurando por uma aventura diferente, com um estilo artístico criativo e com uma história divertida, esse jogo certamente é para você!

Avaliação: 9,5/10

Jogo avaliado com a cópia fornecida gentilmente pela Nintendo América Latina.

1 – Melhor vomitar do que jogar isso
3 – Vai fazer outra coisa.
5 – Só jogue se você for MUITO fã mesmo…
6 – Jogo legal pra se divertir e se distrair.
7 – Jogo divertido, mas não é nenhuma obra de arte.
8 – Jogo bom, vale bem seu tempo e dinheiro!
9 – Jogo excelente que vai deixar uma marca em você!
10 – Jogo obrigatório!