[Review] Kirby Fighters 2

[Review] Kirby Fighters 2

16/10/2020 0 Por Paulo Cézar Viana de Paiva

Desenvolvedora: HAL Laboratory

Publisher: Nintendo

Gênero: Luta

Data de lançamento: 23 de setembro, 2020

Preço: R$ 99,00

Formato: Digital






Recentemente quase de maneira surpresa a Nintendo anunciou Kirby Fighters 2 para o Nintendo Switch, uma sequência do título Kirby Fighters Deluxe, um exclusivo da eShop do Nintendo 3DS que por sua vez se originou do subgame disponível em Kirby’s Triple Deluxe. Seria essa a agradável surpresa de um jogo melhor que seu antecessor? É sobre isso que irei falar nesta review.

Primeiras impressões


Logo ao iniciar Kirby Fighters 2 fui recebido com um menu muito caprichado, isso claro, já característico dos jogos de Kirby. O menu consta com alguns modos de jogo, no qual irei abordá-los brevemente:


Começaremos pelo modo mais básico de qualquer jogo de luta, o Battle Mode. Logo ao iniciar o Battle Mode, o jogo deixa bem claro qual é sua proposta: Um jogo de luta, no qual o foco é o multiplayer, seja ele cooperativo ou versus, o que fica ainda mais claro a seguir.



Kirby Fighters 2 possuiu dois tipos de batalhas, sendo elas a batalha de times, na qual 2 ou mais jogadores formam uma equipe e lutam entre si, ou o modo solo, no qual os 2 ou mais jogadores se enfrentam de maneira individual.
O elenco de personagens deste jogo se resume basicamente ao Kirby e alguns poucos personagens da franquia como o Bandana Waddle Dee, o Gooey, o Meta Knight, e outro desbloqueável como podem ver na tela de seleção abaixo. Porém, como também podem ver na tala de seleção de personagens, todo Kirby é igual. Cada fantasia que a bola rosa veste significa que ela possui um moveset diferente, o que quer dizer que cada uma uma destas fantasias do Kirby possui um estilo de combate único, o que é muito bem vindo.





Conhecendo o Modo História



Sinceramente, esse é um dos modos que eu estava mais empolgado quando comecei a jogar, porém, dos modos disponível no jogo foi o que mais me decepcionou. O modo História de Kirby Fighters 2 se resume a uma série de batalhas contra outros personagens do jogo ( Kirby(s) fantasiados) e algumas lutas contra chefes, nas quais você luta com um parceiro que você escolheu enquanto passa por uma torre de trinta andares divididos em capítulos.
Em suma, as lutas do modo história se resumem em um simples ciclo:


1- Comece uma luta



2-  Vença a luta



3- Escolha um item


*Estes itens servem como: buffs, uma forma de recuperar a vida dos seus personagens para próxima luta ou até uma forma de aumentar sua pontuação geral no modo história.

No final esse ciclo se repete por todos os andares, apenas com a excessão de algumas lutas contras chefes que você encontrará através deste modo, isso por si próprio não torna o modo ruim, porém extremamente repetitivo e, considerando que quase todo o elenco de lutadores já estão disponíveis para jogar, acaba desencorajando o jogador ao decorrer da sua jogatina.

Jogabilidade


Kirby Fighters 2 não é um jogo competitivo e nem tenta ser um, isso é perceptível em seu combate extremamente simples e seus cenários cheios de “Hazards” e itens, que surgem em diversos momentos da partida, no geral o jogo busca uma gameplay simplificada com o foco maior na diversão que na competitividade, o que tem seus benefícios e malefícios, já que por um lado isso torna o jogo muito acessível, por outro isso diminuiu a chance de criação de uma potencial comunidade competitiva do jogo.

*Hazards são elementos dos estágios que interagem com os personagens, geralmente tem a função de causar dano.




Como o jogo possuiu um sistema de equipes ele te dá a oportunidade de reviver após seus pontos de vida chegarem a zero, basicamente você de torna uma versão fantasma do Kirby com controles extremamente limitados, porém caso você consiga acertar um golpe em seu inimigo você retorna a sua forma tradicional.


Modos / Conteúdos Extras


Kirby Fighters 2 possuiu alguns modos e conteúdos extras, mesmo sendo poucos iremos abordar brevemente eles aqui:

Modos:

Single-Handed Mode: Este modo consiste em uma série de lutas com uma Boss Battle ao final delas, o objetivo é terminar essas lutas no menor tempo possível.

Local Play Mode: Este modo tem um nome autoexplicativo, é basicamente a opção de criar um lobby e jogar localmente com seus amigos.

Training Mode: Outro modo que tem o nome autoexplicativo, este modo de treino é extremamente simples e sem opção de customização alguma, você apenas tem a opção de escolher com qual personagem vai jogar, enquanto existem duas CPUs paradas no estágio.

Conteúdos Extra:
 
Reward List: Esta lista é um guia de quais itens você ganhará em quais níveis*, além de alguns itens secretos.
*Você consegue ganhar níveis jogando qualquer um dos modos do jogo, ou seja, você pode desbloquear todo conteúdo do jogo jogando qualquer um dos modos.
Other Games: O jogo também possuiu uma opção onde ele te mostra uma breve descrição dos jogos mais recentes da franquia, todos jogos da geração 3DS/Wii U estão presentes, assim como os jogos de Switch.

Como você deve ter percebido um modo ainda não foi abordado, isso de deve pelo fato dele precisar de um tópico só para ele, falaremos sobre ele agora.

Modo Online


 
O modo online de Kirby Fighters 2 possuiu duas opções contidas em si, sendo elas:

Random Match: Uma partida com 4 jogadores selecionados de maneira aleatória.

Friend Match: Uma opção de montar uma sala para jogar com seus amigos, é a única forma de jogar online com apenas 1 pessoa contra você, também é possível jogar até contra outros 3 amigos, totalizando uma sala de 4 jogadores.

No geral o online funciona bem, com raros problemas de lag apesar disso o online tem um problema crônico que simplesmente estraga com grande parte da experiência online: É praticamente impossível achar uma sala aleatória.

No momento dessa análise ainda não é claro o que causa esse problema, já que Kirby Fighters 2 é um jogo recente e possuiu um apelo forte para ser jogado online, então um problema de falta de jogadores online não deveria ocorrer normalmente, porém eu tenho um palpite principal para a causa desse problema: Trava de região nos servidores, isso não seria uma novidade nos jogos da Nintendo já que Super Smash Bros Ultimate possui um sistema parecido, porém como é um título de apelo muito maior, é consideravelmente mais fácil achar uma partida aleatória.

Esse sistema faz muito sentido em jogos de luta, já que os mesmos dependem de baixa latência para serem jogados de maneira adequada, porém nesse caso isso acaba estragando a experiência online de jogos menores, principalmente os que  possuem uma base de jogadores online pequena.

Visuais e Trilha sonora



No sentido visual Kirby Fighters 2 é altamente inconsistente, em alguns momentos ele dar entender que é realmente uma sequência a versão de 3DS, com visuais belos e bem feitos, porém existem momentos que ele parece apenas reaproveitar os assets da versão de 3DS sem muitas melhorias, tomem como exemplo a comparação abaixo.

*A imagem da versão de 3DS foi retirada diretamente do site da Nintendo.

Em comparações como essa podemos perceber como em alguns momentos o jogo parece apenas ter uma melhoria de resolução e algumas outras pequenas alterações comparado a versão de 3DS, o que decepciona quem esperava um grande salto visual comparado a primeira versão.

Em relação a trilha sonora Kirby Fighters 2 utiliza de vários arranjos e algumas versões originais das músicas de jogos anteriores do mesmo, o que é ótimo, já que a trilha sonora da maioria dos jogos do Kirby é excelente.

Conclusão


No geral Kirby Fighters 2 é um jogo divertido, porém com vários problemas, o fato de praticamente ser uma versão “Deluxe” comparado a versão de 3DS decepciona quem esperava um jogo maior, mais ambicioso e com mecânicas mais complexas, considerando o preço de R$ 99,00 o jogo vale a pena se você realmente gostou do primeiro jogo, fora isso o jogo não tem tanto conteúdo para atrair novos fãs para esse spin-off da série Kirby.


Avaliação: 6,7 / 10



Jogo avaliado com o código cedido gentilmente pela Nintendo

1 – Melhor vomitar do que jogar isso.
2 – Só se você quiser muito mesmo testar o jogo.
3 – Vai fazer outra coisa.
4 – Dá pra jogar no banheiro ou esperando o dentista.
5 – Só jogue se você for MUITO fã mesmo…
6 – Jogo legal pra se divertir e se distrair.
7 – Jogo divertido, mas não é nenhuma obra de arte.
8 – Jogo bom, vale bem seu tempo e dinheiro!
9 – Jogo excelente que vai deixar uma marca em você!
10 – Jogo obrigatório!