Conheça 10 jogos de Nintendo 3DS com port para o Nintendo Switch | #SwitchDicas

Conheça 10 jogos de Nintendo 3DS com port para o Nintendo Switch | #SwitchDicas

11/10/2020 0 Por

Que o Nintendo 3DS tem jogos incríveis a gente já sabe né! Mas o que poucos devem ter percebido até agora é que diversos títulos receberam uma versão em HD para o Nintendo Switch! Então vamos falar sobre jogos de 3DS que foram portados para o Nintendo Switch!

Confira a versão em vídeo


Yo-kai Watch 1 for Nintendo Switch

O primeiro jogo da lista é o primeiro jogo da famosa série Yokai Watch, que no Nintendo Switch chegou com o nome de Yokai Watch 1. Este é uma versão pura e simples em HD do jogo que gerou uma franquia de muito sucesso no Nintendo 3DS, contando inclusive com spinnoffs, filmes, séries de anime, brinquedos e muitas outras coisas. Este é um dos projetos multimídia da Level-5, criado justamente para ser um grande sucesso.

Uma curiosidade, é que este título em questão abriu com vendas muito tímidas no Nintendo 3DS, quando o título original foi lançado, mas com o início da exibição do anime no Japão, e o aumento de popularidade, o jogo foi vendendo gradualmente até mover mais de 1 milhão de cópias em terras nipônicas, dando assim início ao grande estouro que a série foi em seu auge. Ainda, outra curiosidade é que há quem diga que essa série deveria ter tomado o posto de Pokémon.

LAYTON’S MYSTERY JOURNEY™: Katrielle and the Millionaires’ Conspiracy – Deluxe Edition

Carinhosamente chamado de Lady Layton, Layton’s Mystery Journey é um port em HD de um spinoff da amada série Professor Layton, que nasceu no Nintendo DS e ganhou diversas continuações e até um crossover com Ace Attorney.

Aqui, é interessante notar que, dada a natureza do título, de investigação e resolução de puzzles, originalmente o jogo utilizava a tela de toque do 3DS para a resolução dos enigmas. Já no Nintendo Switch a solução encontrada foi exibir ambas as telas do 3DS em uma única tela, da TV, ou do Switch no modo portátil, para que o jogo pudesse ser adaptado.

Outro título que passou por uma adaptação semelhante foi Final Fantasy Christal Cronicles para o Wii, sendo o jogo o um port de um título de DS.

Snack World: The Dunegon Crawl Gold

O próximo jogo é novamente outro título da Level-5! Sim, eles vieram com tudo no departamento de ports de 3DS. Este é The Snack World: Trejarers Gold, um RPG de ação. O jogo, que foi feito como um projeto multimídia tal qual Yokai Watch, chegou com a missão de causar um grande estouro e seguir os passos da franquia irmã.

Infelizmente, apesar de o jogo no 3DS fazer números respeitáveis em vendas, ele não conseguiu repetir o sucesso de Yokai Watch, e vendeu apenas, entre aspas, algumas centenas de milhares de cópias no Japão. Curioso notar é que o anime exibido não surtiu o mesmo efeito que o visto em Yokai Watch, e isso fez com que a Level-5 esfriasse quanto ao título.

Felizmente, o jogo ganhou nova vida no Nintendo Switch e, apesar de não ter incendiado as listas de vendas, conseguiu vender números aceitáveis no Japão, para um port de 3DS, e agora o título finalmente chega ao ocidente, onde poderá procurar seu lugar ao sol.

Monster Hunter Generations Ultimate

Monster Hunter Generation Ultimate é um caso curioso. Esta é a segunda versão de um jogo de Monster Hunter, que a Capcom já tinha instituído a tradição de fazer, expandindo o título original com muito mais conteúdo do que antes. A questão aqui é que este título foi lançado para o 3DS no dia 17 de março de 2017, apenas 14 dias após o lançamento oficial do Nintendo Switch!

Porque este não foi um título de lançamento do Switch? Não sabemos. O que sabemos é que o Switch não precisou deste Monster Hunter em seu lançamento para decolar, com todos já conhecemos a história, mas o péssimo timing da Capcom realmente é curioso.

E aí, em agosto daquele mesmo ano, ou seja, apenas 5 meses após o lançamento do título para o 3DS, chegou a versão de Nintendo Switch, em agosto de 2017. Essa versão lembra bastante um caso semelhante que aconteceu com o Wii U, que ganhou uma versão HD de Monster Hunter 3 Ultimate: É o mesmo jogo de 3DS, renderizado em 1080p com algumas melhorias nas texturas e com os monstros e NPCs tendo recebido uma merlhoria nas modelagens 3D.

Mas o mais curioso vem agora: A Capcom originalmente disse que não tinha nenhuma intenção de trazer o jogo para o ocidente: na época todas as atenções estavam focadas em no novo e brilhante monster Hunter world. Acontece que, sem nenhum alarde, em apenas uma tuitada, a Nintendo anunciou que o jogo chegaria sim ao ocidente, o que de fato aconteceu, em agosto de 2018, e não me surpreenderia se descobrisse que a Nintendo bancou a localização do título ou coisa do tipo.

Bem, fato é que, esse jogo que a Capcom tratou com desdém simplesmente vendeu mais de 1 milhao de cópias apenas no ocidente.

The Alliance Alive HD Remastered

The Alliance Alive HD Remaster como o nome é diz, é a remasterização do jogo original, em HD, no Nintendo Switch! O grande destaque deste remaster é que os cenários do jogo foram todos desenhados à mão, e, enquanto no 3DS quase não dava para apreciar a bela arte do título devido o pequeno tamanho da tela e resolução do portátil, no Nintendo Switch essa obra de arte está lá, exposta para ser admirada.

Dono de uma arte lindíssima, The Alliance Alive é um RPG publicado pela FuRyu no Japão e pela NIS America no ocidente, que possui um estilo que apela BASTANTE aos fãs dos primeiros títulos da série clássica da Square Enix, SaGa.

O titulo é a sequencia de The Legend f Legacy, que possuía o mesmo estilo artístico e que na minha opinião também deveria ter a chance de brilhar no console HD da Nintendo.


Code of Princess EX

Code of Princess EX é mais um título de 3DS que ganhou nova versão no Nintendo Switch, trazendo diversas melhorias! A começar pelos visuais agora obviamente em HD. Outra grande melhoria de destaque é o desempenho do jogo, que agora tem taxa de frame rate estável e agradável de jogar, enquanto a versão original sofria para rodar no pequeno console.

O jogo em questão é desenvolvido pelos mesmo responsáveis de Guardian Heroes, um título clássico de Sega Saturn, e segue o estilo beat em up, que é aquele clássico estilo de jogo em que você entre aspas, bate e anda pra frente avançando na fase.

Azure Striker Gunvolt: Striker Pack

Azure Striker Gunvolt: Striker Pack é a coletânea com os dois jogos da série Azure Striker Gunvolt, desenvolvido pela Inti Creates. O jogo funciona como uma sequência espiritual de Mega Man Zero, que também foi desenvolvido pela Inti Creates. O estilo artístico é parecido, os controles se parecem, e o próprio feeling do jogo remete à Mega Man Zero, portanto, se você é fã de Mega Man e principalmente fosta da sub-série zero, jogue Azure Striker.

A versão de Nintendo Switch ainda mantém o visual pixel-art do jogo original, e claramente dá pra perceber que a imagem simplesmente foi esticada para caber em uma tela de TV. Entretanto, as cutscenes do jogo receberam um upgrade e agora estão em resolução 720p.

Outro grande destaque do jogo, inclusive dito no trailer do mesmo com bastante orgulho é que agora você finalmente poderá ter uma experiência em 60 frames por segundo.

A seguir, teremos alguns jogos que foram lançados para o 3DS, mas também receberam lançamentos simultâneos para o Nintendo Switch!

Confiram:

Captain Toad Treasure Tracker

Captain Toad Treasure Tracker é um port do jogo original de Wii U. Apesar de haver toda a diferença de Hardware, a Nintendo conseguiu quase um milagre ao adaptar o título do carismático Toad para o pequeno portátil. Nunca li nenhuma entrevista sobre, ou afirmação em algum blog ou relatório oficial, mas suspeito que parte da adaptação foi facilitada por o jogo original se basear na engine de Super Mario 3D World, que por sua vez segue os moldes de Super Mario 3D Land, que é um jogo de 3DS.

Então minha suspeita é que assim como Captain Toad para o Wii U utilizou a engine de Super Mario 3D World, a versão de 3DS pode ter se baseado na engine de Super Mario 3D Land.

Já a versão de Nintendo Switch foi adaptada para caber no híbrido, já que o jogo original faz uso da tela de toque do gamepad. No Nintendo Switch, a solução encontrada foi utilizar o joycon como ponteiro para “tocar” nas partes necessárias do cenário.

Cabe ressaltar que a versão de Switch recebeu diversas novidades, como um modo Coop, fazes baseadas em super Mario odyssey e uma DLC de expansão de conteúdo.

Sushi Stricker: The Way of Sushido

Sushi Striker: The Way of Sushido é uma IP Nova revelada em 2017 originalmente sendo um exclusivo de 3DS. Desenvolvido pela indiezero, o jogo ficou um tanto sumido até reaparecer com uma versão de Switch anunciada para ser lançada simultaneamente.

O título é uma espécie de match-3, aqueles jogos estilo candy crush em que você tem que juntar 3 ou mais peças da mesma cor para fazer um combo. A diferença é que o jogo se baseia em cores de pratos de sushi e é baseado em combates: em cada fase você enfrenta um inimigo enquanto progride o modo história.

Fire Emblem Warriors

E Por fim temos Fire Emblem Warriors. Este é outro lançamento simultâneo de Nintendo Switch e 3DS, sendo que na verdade ele é um exclusivo de New 3DS. O jogo é um crossover da série Fire Emblem com o gênero musou da koei tecmo, e veio após o grande sucesso obtido em outro título crossover, só que com Zelda, originalmente lançado para o Wii U, que curiosamente também tem versão de 3DS e também recebeu um port para o Nintendo Switch.

Em Fire Emblem Warriors você segue uma história original e vê a presença de diversos personagens icônicos da franquia Fire Emblem, e também personagens originais. Se você já jogou Hyrule Warriors, ou qualquer outro jogo do gênero Musou, e principalmente, se você gosta de Fire Emblem, este é um título que vai lhe servir com horas e horas de conteúdo e diversão!

E por hora é isso! Algum dos títulos apresentados hoje foi novidade para você?

Eu sei que há ainda diversos outros jogos nesta situação de port, e se vocês quiserem uma continuação, me avisa aí nos comentários que eu vou ficar feliz em fazer!