RetroBoy | The Mysterious Murasame Castle

RetroBoy | The Mysterious Murasame Castle

08/05/2021 0 Por Guilherme Morando

Revisado por: Thomas Mertens

Embora a Nintendo se destaque na indústria de videogames por criar IPs de qualidade com personagens tão memoráveis quanto os dos filmes da Disney, isso não livra a empresa de deixar alguns de seus trabalhos longe do conhecimento dos próprios fãs. Por exemplo, há jogos ou franquias que acabam passando despercebido no radar dos jogadores por serem de extremo nicho ou por simplesmente não terem saído do Japão, este último cai muito bem com The Mysterious Murasame Castle (Nazo no Murasame Jo), um jogo de ação e aventura do Famicom que demorou décadas para chegar ao ocidente.

Nazo no Murasame Jo (Famicom Disk System)

Neste RetroBoy, estarei mergulhando de cabeça abordabdo um pouco deste clássico perdido desenvolvido pela Nintendo EAD, que conta com nomes famosos na indústria, como o compositor Koji Kondo e o designer Minoru Maeda (Famicom Detective Club e Captain Rainbow). Portanto, junte suas Shurikens e embarque nesta aventura furtiva da era 8-bits comigo!

As aventuras de um aprendiz de samurai

The Mysterious Murasame Castle tem seus eventos ambientado em um Japão feudal fantasioso sci-fi (?) e protagoniza as aventuras do ninja Takamaru. O jogo conta sobre um acontecimento no castelo Murasame, onde uma estátua dourada possuída por um alienígena toma o castelo e decide controlar os lordes vizinhos com seus poderes malignos. Isso também acarretou em diversas entidades, como monstros e ninjas, que passaram a espalhar a carnificina por toda a região. Takamaru então é solicitado pelo Shogun na esperança de acabar com tudo isso. 

Talvez o motivo mais plausível de The Mysterious Murasame Castle não ter chegado ao ocidente na época seja devido a sua temática oriental baseada no Japão do período Edo com referências à sua cultura, impossibilitando assim uma adaptação para o publico ocidental, como aconteceu com Panel de Pon e Doki Doki Panic que se tornaram Tetris Attack e Super Mario Bros. 2, respectivamente. Felizmente, hoje em dia jogadores do ocidente podem conhecer o título que fez parte da história da Nintendo através do saudoso Virtual Console

Semelhanças com ‘The Legend of Zelda’

The Mysterious Murasame Castle teve seu lançamento em 1986, sendo o segundo jogo original do Famicom após The Legend of Zelda, que inclusive usava do mesmo motor gráfico na época. Por isso, podemos pegar semelhanças em seu level design, mesmo que suas temáticas sejam totalmente diferentes. 

No jogo, Takamaru porta infinitas Shurikens, que podem lançar ao inimigos, além de um combate mais aproximado usando sua katana — lembram algo? Ao derrotar inimigos, eles dropam pergaminhos que servem para aprimorar as habilidades com espada de Takamaru. O jogo também apresenta elementos furtivos na gameplay onde o protagonista usa uma capa que o torna temporariamente invisível (ao mesmo tempo invencível) deixando o combate mais dinâmico. Em relação à parte de ambientação, em The Mysterious Murasame Castle podemos alternar entre campo e o castelo, sendo que o campo obtém algumas variações dentro de si, vários biomas podem ser explorados. 

Mesmo que haja semelhanças com The Legend of Zelda, The Mysterious Murasame Castle consegue ser único o suficiente em quase todos os aspectos para não ser chamado de um clone. Posso dizer que ele possui até um enredo mais sólido do que o jogo tido como base de criação. Além disso, o jogo descarta elementos de quebra-cabeças e traz uma jogabilidade bem mais agitada, com diversos inimigos na tela a cada cenário que entra.

Aparições futuras de Takamaru

Apesar da Nintendo não ter interesse em dar continuidade às aventuras de Takamaru, The Mysterious Murasame Castle não teve seu legado totalmente esquecido. Takamaru teve algumas participações em jogos posteriores como em Samurai Warriors 3 para o Wii, onde podíamos desbloquea-lo em um modo do jogo como uma feature exclusiva daquela versão. Há também uma participação em NintendoLand para o Wii U com o minigame “Takamaru’s Ninja Castle“, e um Assist Throphy do protagonista em Super Smash Bros. for Wii U

Takamaru em Samurai Warriors 3. Imagens por RazorClawX

Já em relação a sua acessibilidade, The Mysterious Murasame Castle teve relançamento em plataformas posteriores da Nintendo, sendo a forma mais atual de jogá-lo sendo no Virtual Console do 3DS mesmo, estando disponível pela primeira vez em décadas na América do Norte e Europa.

The Mysterious Murasame Castle tem forte potencial, e pessoalmente, a experiência foi bem ok, isto é: não foi nem boa, nem ruim. Tiveram sim diversos fatores que atrapalham a jogatina, mas são perfeitamente compreensíveis devido às limitações da época.

Se você gosta desse tipo de estilo, relembrar como era a mecânica clássica dos jogos antigos, e ganhar uma história bacaninha, eu acho que vale tentar jogar. Foram horas bem gastas além de expandir meus horizontes sobre como uma mídia pode envelhecer, e como ela pode sim servir de substrato para algo grande no futuro.

Guilherme Morando
Me siga 😀